segunda-feira, 9 de junho de 2008

8ª Série - O Ataque à Hiroshima

O final da Segunda Guerra Mundial foi marcado por momentos trágicos, como os ataques com bombas atômicas sobre o território japonês, levando aquela nação asiática a assinar o armistício.

Nesta postagem contaremos com a colaboração de Patrícia Mizutani. Ela e o marido vivem no Japão e recentemente visitaram a cidade de Hiroshima, que juntamente com Nagasaki, foram alvos das bombas norte-americanas. O relato de Patrícia sobre esta viagem foi postado originalmente em um fórum do curso promovido pela EADVirtual, onde participamos do curso de formação de Tutores em Educação a Distância. Aqui o reproduzo na ínteggra.

Siga as orientações e registre em seu caderno suas observações sobre este tema. Realizaremos um debate em sala de aula, quando também encaminharei à turma uma proposta de projeto.
Gostaria que vocês deixassem um comentário sobre a atividade, ok?
Então, vamos lá!

Desde já, quero agradecer a Patrícia pela gentileza em colaborar conosco.


" Oi pessoal,
Quero compartilhar com vocês , neste espaço de descontração e convívio on line, uma viagem que fiz a 15 dias atrás para a cidade de Hiroshima - muito conhecida ,mundialmente ,por ter sido atingida pela primeira bomba-atômica em execução no planeta.

Fiquei muito emocionada com os monumentos e homenagens aos falecidos com o acontecimento.
A cidade está envolvida por uma "atmosfera" voltada para o sofrimento e indgnação causados pelo final da Segunda Guerra Mundial.


Em 06-08-1945 , às 08:15h , a cidade parou com o grande estrondo devastador que destruiu tudo aos redores em questão de segundos.

Clique sobre o relógio e veja mais imagens da cidade após o ataque.

Ao ouvir depoimentos transmitidos no Museu da bomba atômica de Hiroshima ; assistir vídeos sobre o ato ; ver objetos ,vestimentas e pertences da população que foram encontrados e guardados para demonstrar o tamanho do desastre ; refletir sobre as fotos dos sobreviventes "pedindo"socorro e cuidados médicos ; e a vasta lista do cadastro dos mortos com esta ação ; destaco este texto para ilustrar o que senti nesta viagem :

Simulação do ataque à Hiroshima produzido pela TV inglesa.
video

Como alegação do porque do uso das bombas, o governo americano afirmou serem a única forma de acabar com a guerra rapidamente. A opinião pública aceitou a desculpa. Mas com alguns anos passados, muito veio à tona.

Muitas fontes militares afirmam que poucos dias antes do ataque nuclear, o governo japonês tentava negociar um cessar fogo. Todas as tentativas de restabelecer a paz foram ignoradas pelos americanos. As ordens do Governo Americano aos seus comandantes no Pacífico eram de ignorar qualquer tentativa de diálogo por parte do Japão. O motivo de tudo isso era dar tempo para que a bomba nuclear fosse usada (já cai por terra o argumento americano sobre a necessidade do uso da bomba). Neste ponto o que estava faltando era apenas a decisão sobre onde jogar a bomba. Os planos iniciais eram de detonar a bomba em uma localidade desabitada ou ainda sobre o mar. Entretanto estes planos foram vetados sob o seguinte argumento: "A bomba é uma arma. Só será comprovadamente eficiente quando matar japoneses". A escolha da cidade tomou como critérios uma população mínima que a cidade deveria possuir, e esta não ter sido ainda bombardeada. O objetivo de escolher uma cidade intacta era para melhor avaliar os efeitos destrutivos da bomba sobre uma população que não esperava um ataque.

Esta experiência americana teve como saldo centenas de milhares de mortes. Entretanto o uso da bomba era comprovadamente desnecessário. O único motivo que fez com que os americanos usassem a bomba foi se mostrarem ao mundo. Mostrarem para Stalin, que os EUA eram a maior potência no mundo e que tinham o poder supremo. Como resultado, um temido conflito pelo território japonês entre americanos e soviéticos não ocorreu. No final, mais que marcar o fim da 2ª Guerra Mundial, a detonação das armas nucleares foi o início da guerra fria. Uma guerra entre dois oponentes realmente covardes, que mantiveram o mundo sob ameaça de um extermínio nuclear durante décadas.



Este monumento é conhecido como "Domo". O que sobrou da prefeitura da cidade após a explosão.Os japoneses preservaram do jeito que estava após a bomba e fica bem no centro de Hiroshima.É um dos lugares mais visitados pelos turistas do mundo todo.

Visite o Museu Virtual de Hiroshima clicando na imagem abaixo.

A cidade mostra de forma "desafiadora" o antes e depois da bomba atômica.Um passado de muita tristeza e sofrimento , mas que uniu os sobreviventes e todo o povo japonês para socorrer e ajudar os sobreviventes na reconstrução da cidade e de suas vidas ...Um presente de prosperidade e resgate das tradições regionais , já que a cidade foi reconstruída em menos de 60 anos e que cidade!!!Linda ...Um cenário que envolve modernidade , progresso e paisagens naturais belíssimas.Um futuro promissor , no qual a "LUTA" pela PAZ é intensa e contínua :




Eu e meu marido fomos à Hiroshima de "Shinkansen" , o "Trem-bala mais rápido do JP.Só falta VOAR !

Clique no trem bala e embarque em uma viagem por Hiroshima.

6 comentários:

André disse...

Pelas imagens fortes eu pude perceber que a paz no mundo poderia ter sido estabelecida, caso os EUA procurassem outra maneira (Dialogando, por exemplo), de conter a expansão socialista na Europa.

Licínio Filho disse...

Olá André,
seja bem-vindo.
pois é...as guerras deixam marcas profundas, no caso japonês a tragédia de Hiroshima e Nagasaki, estão vivas naquela sociedade.

Abraços,

Licínio

Caroline disse...

A postagem ficou muito leagl. Foi muito interessante conhecer um pouco mais da historia de Hiroshima e Nagasaki, inclusive como ficou essas cidades apos a bomba atomica. E horrivel saber que todas as tentativas dos japoneses de restabelecer a paz foram ignoradas pelos americanos e que tudo poderia ter sido evitado se os EUA contessem a expansao sovietica de outra maneira.

Licínio Filho disse...

Olá Caroline,
Hiroshima nos mostra tod a estupidêz da guerra, precisamos exaltar a paz para que acontecimentos como este nunca mais se repitam.
Abraços,

Licínio

yasmin disse...

Oi Caroline,
adorei a postagem , ficou muito legal ,pois é um jeito de aprender mais um pouco com a oportunidade que você teve .
bjs..

Licínio Filho disse...

Olá Yasmin,
seja bem-vinda ao blog.
Aqui busco postar temas ligados à história. A idéia é oferecer aos visitantes possibilidade de intendimento sobre estas questões,visando prepará-los para o vestibular ou outro tipo de avaliação.
A Croline é uma das minhas alunas.
Saiba mais sobre o meu trabalho visitando a barra do menu.
Abraços,

Licínio